.mais sobre mim

Chamo-me Isabel, nasci a 25/01/1977, sou de Leiria e estou casada desde Setembro de 1995.
Criei este Blog, para inserir os meus desabafos, que me vão na alma, relatando momentos Felizes e infelizes vividos!
Porquê, "Sonhos de Vida" ? Porque desde o ano 1997, tentamos o nosso Sonho de sermos pais!
Nada do que diga servirá para agradecer as palavras de apoio que me têm deixado!
Não quero que pensem que vivo infeliz, não! Eu tento viver o presente com alegria!
Amamo-nos e somos Felizes e isso para nós é o principal!
Se ainda não fomos pais, foi porque DEUS não o entendeu! E se não o chegarmos a ser, não vamos deixar de viver a nossa vida com Felicidade na mesma!
Aprendemos a viver um dia de cada vez!
O lema deste Blog é nunca desistir dos nossos Sonhos…

.pesquisar

 

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dedico esta mensagem a todos os meus amigos que me têm apoiado até ao momento !...Muito Obrigada!...

.favorito

. Uma luta de 13 anos!

.posts recentes

. E já passaram quase 4 ano...

. Novidades dos últimos tem...

. Novidades minhas

. Noticias nossas...

. Saudades Mãe...

. Novidades

. Consulta dos 2 meses dos ...

. Consulta de Oftamologia

. Consulta pós parto

. Consulta de Saúde Infanti...

.arquivos

. Outubro 2015

. Dezembro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

blogs SAPO

.links

Sábado, 13 de Março de 2010

Tratamento de Infertilidade (Fecundação In Vitro)

 

Fecundação In Vitro (FIV)
Em resumo:
Na fecundação in vitro, os ovócitos são recolhidos a partir dos ovários, e fecundados em laboratório com espermatozóides escolhidos para esse efeito.
Ou seja a fecundação ocorre fora do organismo da mulher. As expressões “bebe proveta” e “fecundação in vitro” surgem devido ao facto do (s) oócito (s) ser (em) fecundados em laboratório.
O tratamento em si:
A mulher é submetida a tratamentos com medicamentos indutores da ovulação, via injectável, que vão estimular os ovários a produzi mais ovocitos que o habitual.
O desenvolvimento dos ovocitos e controlada através de uma realização periódica de ecografias e análises ao sangue, (para determinar o nível das hormonas).
Quando é verificado que os folículos estão suficientemente desenvolvidos é administrada uma injecção da hormona hCG (gonadotropina coriónica humana), que visa provocar a libertação dos oocitos a partir dos ovários.
Nesta fase o tempo é muito importante. A punção (opração de recolha dos oocitos dos ovarios) deve ser realizada após 35ª 36 horas da administração da hCG.
É muito importante que os casais respeitem as horas indicadas pelo ginecologista, pois um erro a nível da administração das injecções pode por em risco todo o processo de tratamento.
A punção e feita com controlo eco gráfico, esta operação consiste na introdução na vagina de uma agulha muito fina, que ira recolher o oocito do ovário. A punção é realizada sobre o efeito de anestesia e não demora mais do que 15 minutos. No mesmo dia é pedido ao homem uma recolha de esperma. Esse esperma é centrifugado a alta velocidade e sujeito a uma serie de tratamentos de modo a seleccionar os espermatozóides mais fortes e com melhor capacidade de fecundação.Os ovocitos são postos em cultura no laboratório, onde se vai encontrar com os espermatozóides para que ocorra a fecundação.
Uma vez obtidos os embriões, são transferidos para o útero da mulher que já estava a ser preparado para uma gravidez.
O FIV serve nos seguintes casos:
· Infertilidade inexplicada;
 Obstrução ou ausência de trompas.
Taxa de sucesso:
As taxas de sucesso variam com a causa de infertilidade e a idade da mulher.
Mas em geral é uma média de sucesso de 29%.
Não sendo muito diferente da probabilidade de uma mulher engravidar naturalmente que é de 20 a 30%.
 

 

publicado por infertilidadeisabel às 00:08
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Março de 2010

Intervenção psicológica

 

Intervenção Psicológica


Por toda a instabilidade emocional que o problema da infertilidade e os respectivos tratamentos podem trazer para os membros do casal e até mesmo para a relação conjugal, poderá ser benéfico recorrer à ajuda de um profissional.

Assim, quando se verifica a existência de sintomas depressivos, como elevada tristeza, choro fácil, dificuldades em dormir, ou de elevados níveis de ansiedade, como agitação e stress, mudanças de humor repentinas, dificuldades de concentração e falta de memória, poderá ser benéfico para o casal a ajuda de um técnico especializado.

Da mesma forma, dificuldades conjugais, como dificuldades a nível sexual, dificuldades de comunicação, sentimentos de culpa em relação ao parceiro, entre outros, poderão também justificar que o casal recorra a apoio psicológico.

 

 

                                                                 

publicado por infertilidadeisabel às 01:52
link do post | comentar | favorito

Tudo por Amor!

publicado por infertilidadeisabel às 00:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

Infertilidade Masculina

 

Principais Causas de Infertilidade Masculina PDF Versão para impressão

Alterações do espermograma

Com o espermograma avalia-se, no sémen ejaculado (por masturbação após 3 dias de abstinência: relação sexual boa, 3 dias sem relações, colheita na manhã do 4º dia), o volume, o pH, a viscosidade, o tempo de liquefacção, a concentração, mobilidade, morfologia e resistência dos espermatozóides, as infecções e a presença de auto-anticorpos.

Causas das anomalias seminais. As alterações do espermograma podem ser devidas a causas genéticas (principal causa) ou secundárias (infecções genitais, álcool, tabaco, drogas, tóxicos ambientais, tóxicos profissionais, tóxicos alimentares, sobreaquecimento, medicamentos, sedentarismo).

O volume médio normal do sémen é de 2-5 mL. A hipospermia (diminuição do volume do sémen) e a hiperspermia (aumento do volume do sémen) indicam um número reduzido ou ausência de espermatozóides.

A mobilidade dos espermatozóides é variável, mas os fecundantes têm de apresentar uma mobilidade progressiva rápida de ≥25% do total (astenozoospermia: diminuição da mobilidade progressiva rápida dos espermatozóides; necrozoospermia: imobilidade total por morte dos espermatozóides).

 

publicado por infertilidadeisabel às 22:55
link do post | comentar | favorito

Infertilidade feminina

 

 

Principais Causas de Infertilidade Feminina PDF Versão para impressão

Por alterações hormonais, a mulher pode ter períodos sem menstruação (amenorreia). Na presença de ciclos menstruais regulares, a mulher pode não ovular, pode ovular ovócitos imaturos ou ovócitos com alterações (morfológicas e/ou genéticas). Vários distúrbios hormonais contribuem para a disfunção ovulatória, como o excesso de prolactina, dos androgénios (ovário poliquístico), ou das hormonas tiroideias (doenças da tiróide). Nos casos mais graves pode ocorrer insuficiência ovárica prematura, situação em que o ovário deixa de produzir folículos (mulheres <35 anos). Nestes casos, a mulher deve efectuar teste genético para o X-frágil).

 

 

 

publicado por infertilidadeisabel às 21:50
link do post | comentar | favorito